IAB, Ciesp e OAB representam a sociedade na Comissão Técnica do PDUI da Aglomeração Urbana de Jundiaí

A Comissão Técnica do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Aglomeração Urbana de Jundiaí (PDUI-AUJ) elegeu, na última sexta-feira (19/05), em reunião pública realizada em Jundiaí, as três entidades representantes da sociedade civil, mais três suplentes, que passam a integrar a Comissão: Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp-Jundiaí) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Jundiaí).

São suplentes, respectivamente, a Associação dos Engenheiros de Jundiaí, a Agência de Desenvolvimento de Jundiaí e Região (ADEJ) e uma terceira entidade a ser indicada pela OAB. A reunião foi promovida pela Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos e pela Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa), vinculadas à Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo.

Em concorrida reunião, que contou com a presença de representantes de sete prefeituras e cerca de 30 entidades, o diretor-presidente interino da Emplasa, Luiz José Pedretti, apresentou o PDUI, destacando as diretrizes, projetos e ações que deverão orientar o desenvolvimento regional, reduzir as desigualdades sociais e melhorar as condições de vida da população da AUJ.

O PDUI será desenvolvido tendo como diretrizes principais ações integradas nas áreas de saúde, educação, cultura, recursos hídricos, Defesa Civil e serviços públicos prestados diretamente pelo poder público, entre outras, segundo o presidente da Emplasa. “O PDUI será um instrumento que vai estabelecer, com base em processos permanentes de planejamento, as diretrizes para o desenvolvimento urbano da AUJ”, explicou.

A elaboração do PDUI-AUJ está sendo coordenada pelo Governo do Estado com assessoramento técnico da Emplasa e deverá acontecer de forma integrada e compartilhada entre os sete municípios da aglomeração e representantes do Estado nas funções públicas de interesse comum, juntamente com a sociedade civil.

Deixe uma resposta

Nenhum comentário ainda