Reuniões do GT de Macrozoneamento serão retomadas em janeiro de 2017

IMG_20161118_102336817

O Grupo de Trabalho de Macrozoneamento do PDUI-RMSP fechou as atividades do ano na última sexta-feira (18/11) com a realização de sua 18ª reunião. Ao final, ficou estabelecida uma agenda para as próximas semanas, que inclui a organização de um documento com os conteúdos discutidos no período, e a retomada das reuniões em janeiro de 2017.

No encontro de sexta-feira ampliou-se o conhecimento sobre as chamadas “áreas ainda não classificadas”, ou seja, aquelas que não pertencem a unidades de conservação, nem a áreas de proteção de mananciais e nem a áreas que, segundo o levantamento de uso do solo (Emplasa, 2010), ainda não foram objeto de ocupação urbana.

A equipe técnica da Emplasa apresentou um conjunto de informações para subsidiar a discussão sobre qual seria o enquadramento mais adequado para cada uma das manchas que compõem estas áreas: cobertura vegetal nativa (IF, 2009), declividade (UBC/IG/SMA, 2016) e propostas de novas Unidades de Conservação (FF, 2016).

Foram feitos, também, questionamentos se sobre estas áreas incide o Zoneamento Industrial (Lei Estadual de 1978), como os Planos Diretores Municipais enquadram estas áreas (Emplasa, 2016) e se elas são objeto de algum tipo de descontinuidade entre os planos (fronteiras municipais, Emplasa, 2016).

O debate, muito rico, contou com a participação de representantes das prefeituras, dos Conselhos Consultivos e Consórcios Intermunicipais, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e da Emplasa.

Se quiser, deixe um comentário

Nenhum comentário ainda

Pular para a barra de ferramentas